13/05/2013 às 09:12:43

Semana "Carrossel": Após viagem à África, professora Matilde volta à escola

Por Fabrício Falcheti
Compartilhe »

Capítulos dos dias 13 a 17 de maio




Segunda, 13 de maio

Paulo vai até a sorveteria e encontra Mário e Jaime. Os amigos ignoram a presença do encrenqueiro. Jaime ameaça brigar com Paulo e diz que ninguém mexe com os amigos dele. O menino avisa que ele e Kokimoto não fazem mais parte da Patrulha Salvadora. Valéria e Davi conversam sobre a brincadeira de mau gosto que os amigos fizeram com Cirilo. Valéria fica irritada, mas Davi garante que eles já receberam o castigo que mereciam. Bibi espera Margarida na casa mal assombrada. A menina chega eufórica e mostra a carta que recebeu de Daniel para a amiga. Bibi estranha o fato de a carta não estar escrita à mão. Margarida explica que Paulo contou a ela que isso é uma lei entre os meninos. Bibi questiona a amiga se ela tem certeza que quem escreveu a carta foi Daniel. Margarida afirma que sim, pois não acredita que Paulo a enganaria. Paula procura Cirilo, que está em seu quarto trancado. Sua mãe percebe que seu filho está triste e o chama para conversar na sala. Chateado, Cirilo questiona o porquê de ter acreditado em Paulo e Kokimoto. Bibi e Margarida vão à casa da professora Helena para conversar. Maria Joaquina fica inconformada que Cirilo tenha caído, novamente, na brincadeira dos amigos. Valéria e Carmen perguntam se a patricinha não fica com dó do garoto. A riquinha diz que não, pois Cirilo está cansado de saber que ela jamais marcaria um encontro com ele. Bibi conta a Helena que Margarida está na época de ter um namorado. Helena diz que elas são muito novas para pensar nisso. Bibi não concorda, diz que as meninas estão diferentes, evoluídas. Na casa mal assombrada, Paulo e Kokimoto colocam Daniel na parede e questionam o porquê foram expulsos da Patrulha Salvadora. Daniel explica que houve uma votação entre os meninos e que todos, menos Cirilo, concordaram com a saída deles. Paulo diz que se o problema foi o dinheiro, eles devolvem. O garoto lembra aos amigos que a lei número um da Patrulha Salvadora é respeitar todos os cidadãos patrulheiros. Bibi revela a Helena que Margarida escolheu Daniel para ser seu namorado. As amigas contam o plano que tiveram para fazer com que o garoto gostasse de Margarida e comentam que Paulo ajudou. Helena fica desconfiada. Maria Joaquina conta a seu pai o que aconteceu com Cirilo. Miguel fica inconformado e pergunta o que a filha pensa fazer a respeito. Paulo e Kokimoto discutem com Daniel e ameaçam brigar com ele. Jaime chega à casa mal assombrada. Ao ver o garoto, Paulo e Koki param de provocar Daniel. Daniel pede ao amigo que retire os dois da casa e Jaime obedece. Margarida conta a Helena que pagou Paulo para fazer o serviço e que também deu dinheiro a ele para comprar o remédio que ele precisava. Helena estranha e pergunta qual é o nome da medicação. Margarida diz que chama “estica e puxa”. A menina conta a Helena que Daniel enviou uma carta a ela e mostra para a professora. Helena revela as amigas que a carta não foi escrita por Daniel, pois contém erros ortográficos que o menino jamais cometeria. Margarida fica arrasada com a notícia. Helena consola Margarida e diz que ela terá a vida inteira para namorar e que deveria aproveitar a infância. Maria Joaquina pensa em uma forma de falar com Cirilo. A menina tem uma ideia e pede para Joana chamar o motorista. Cirilo está decepcionado. Preocupado, seu pai fala para o filho ir passear um pouco. Maria Joaquina prepara um presenta para dar a Cirilo. Daniel encontra Margaria na praça. Bibi observa os dois juntos e brinca com o amigo, que fica incomodado com a situação. Bibi vai à casa de Valéria e conta que viu Daniel e Margarida juntos na praça e que o garoto levou flores à amiga. Valéria conclui que os dois estão namorando e as duas começam a espalhar a notícia para os amigos. Daniel e Margarida conversam na sorveteira e Valéria espiona os dois. Daniel vê e pede para a garota parar de escutar a conversar dos dois. A menina espevitada fica irritada e vai embora. Daniel pede a Margaria que não fique triste e não deixe um clima ruim entre eles. A menina revela que não está triste, só aborrecida por ter confiado em Paulo. Ela conta sobre a carta de amor que recebeu com a assinatura de Daniel.


Terça, 14 de maio
Ao deitar em sua cama, Cirilo encontra uma caixa, que contém um par de luvas de Maria Joaquina. Não bastasse, tem um bilhete da patricinha que deixa o garoto radiante. Margarida afirma a Daniel que Paulo mereceu ser expulso da Patrulha Salvadora. Cirilo conta aos colegas que ganhou o melhor presente de sua vida. Helena chama Paulo para uma conversa. A brincadeira o questiona sobre a brincadeira de mau gosto que ele fez com Margarida. Helena quer que Paulo devolva o dinheiro a Margarida no dia seguinte. Paulo e Koki são rejeitados pelos alunos do terceiro ano. Graça e Suzana discutem na frente de Olívia. Firmino chega à diretoria e diz a Olívia que está ouvindo um leão rugir no pátio da escola. Jaime conta a Helena o que Paulo e Koki fizeram a Cirilo. Olívia e Graça afirmam que Firmino está maluco. Os alunos se revoltam contra Paulo e Koki. Helena manda Paulo e Koki escreverem uma carta pedindo desculpas e ler para a sala inteira. Graça conta às meninas que tem uma fera rondando a escola, é o chupa cabra. As crianças entram em pânico no pátio e começam a gritar. Olívia vê Matilde na árvore do pátio da escola, ela está vestida de forma extravagante, com roupas que remetem à África. Matilde diz a Olívia que descobriu que os sons da selva são terapêuticos. Matilde afirma que transcendeu à forma de ensino rudimentar da Escola Mundial. Ela fala sobre a elevação do ser. Matilde mostra as fotografias da África a Olívia. Ela conta que sua viagem à África foi puro crescimento espiritual. Matilde diz que tem uma missão importante.


Quarta, 15 de maio
Matilde conta que teve ideias para angariar fundos às comunidades africanas, e quer aplicar suas ideias na Escola Mundial. Koki e Paulo leem a carta de desculpas à turma. Ao final, a classe aplaude com má vontade. Matilde fala de seu projeto a Renê, que fica assustado quando ela começa a guinchar como macaco. Helena faz Paulo elogiar os colegas de sala, um por um. Ao fazer cooper, Olívia encontra jornal que traz na reportagem da capa, diretora que é homenageada pela presidenta por inserir em sua escola projeto ambiental e sustentável. A diretora sonha em ter o mesmo mérito. Pelas ruas, Matilde pede ajuda à África aos passantes, mas não tem sucesso. Ela e Olívia se encontram. A diretora diz a Matilde que está disposta a participar do projeto dela. Matilde fica desconfiada. As duas preparam uma expedição ao zoológico para conhecer os animais da África e também captar material para um documentário.


Quinta, 16 de maio
No zoológico, Olívia grava um vídeo de Matilde. O guarda do zoo intervém, diz que é proibido. Os alunos voltam à sala de aula animados depois de praticarem boas ações. Os garotos começam a planejar o jogo de futebol contra o time dos garotos da rua de cima. Eles marcam encontro na casa abandonada para falar sobre as estratégias. Paulo e Koki são perdoados e vão participar da reunião. Olívia grava vídeo de Matilde falando sobre a extinção do logo guará. Os garotos da rua de cima pressionam Paulo e Koki a contarem sobre as estratégias e pontos fracos do time da Escola Mundial. Os garotos da Escola Mundial chegam à casa abandonada para a reunião. Eles estranham o fato de Koki e Paulo estarem atrasados. Olívia entra em pânico ao ver uma cobra. Matilde faz Olívia gravar um vídeo falando da jiboia, ela entra em pânico. Paulo e Koki chegam à casa abandonada, os alunos começam a discutir a estratégia do jogo. Olívia afirma a Matilde que espera que o material captado seja bom para a reputação da escola. Paulo e Koki tramam algo antes da partida de futebol. Os garotos da rua de cima comemoram, após pressionar Paulo e Koki, eles conseguiram saber da estratégia dos alunos da Escola Mundial. Helena e Renê fazem piquenique em parque. Os dois se beijam. Paulo e Koki dão todas as dicas do jogo para o time dos garotos da rua de cima. As meninas se preparam para torcer pelos colegas. Elas convencem Maria Joaquina a torcer também.   


Sexta, 17 de maio
Na diretoria, Matilde diz a Olívia que o material que captou é pouco. Olívia afirma que não vai filmar mais nada, está exausta. A partida de futebol de início. Os garotos da Escola Mundial fazem o primeiro gol, mas o juiz anula. As meninas chamam o juiz de ladrão e saem correndo atrás dele. Matilde e Olívia decidem ir ao parque para captar imagens da natureza. Elas encontram Renê deitado na grama, ele fica sem graça. Matilde pergunta se o professor está sozinho. Durante o jogo, Mário diz a Jaime que viu Paulo conversando com o garoto do outro time. Mário questiona Paulo e o chama de traidor. O segundo tempo começa e Paulo faz um gol. No parque, Helena se aproxima de Renê com algodão doce. Ao ver Olívia e Matilde, ela fica desconcertada. Olívia pergunta a Renê e Helena se eles estão juntos. Os dois desconversam. Matilde decide colocar Helena para ler o roteiro do projeto, para fazer a abertura do DVD. Olívia fica enciumada. Mário estranha a tristeza de Rabito e chama um veterinário para examiná-lo. Matilde tenta gravar o vídeo com Helena, mas Olívia não para de interromper. As duas começam uma discussão. Renê e Helena saem às escondidas. Está prestes a cair um temporal, Olívia e Matilde saem do parque correndo.


Fonte: SBT

publicidade
publicidade
Comentários
Preencha os campos abaixo para comentar no NaTelinha.
CAPTCHA Image
restantes


* Os comentários poderão ser moderados.
publicidade