Fechar X

07/06/2013 às 15:40:29

Saída de Gugu Liberato não cessa dispensas na Record

Por João Gabriel Batista
Compartilhe »
http://natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/d3f3483245a96664088593e79a8a32df.jpg Saída de Gugu da Record não acarreta em suspensão de cortes - Divulgação/Record
A saída de Gugu Liberato da Record, anunciada e confirmada nesta última quinta-feira (07), não cessa as dispensas promovidas pela Record em busca da otimização de sua estrutura.
 
As produções do "Hoje em Dia" e "Programa da Tarde" deverão ser as primeiras a serem atingidas após a saída do apresentador, que ostentava o maior salário e um dos maiores orçamentos de toda a programação.
 
Com a unificação das equipes das duas revistas eletrônicas, que desde o começo da semana estão sendo gerenciadas pelo recém-criado Núcleo Record de Variedades, cerca de 70 dispensas estão em vias de ocorrer.
 
O clima nos bastidores é de bastante apreensão.
 
 
publicidade
publicidade
Comentários
  • robson othero em 10/06/2013

    Como ocorreu com as lojas de discos e K7 (Museu do Disco e Hi-Fi Discos, por ex), com as Fotopticas e as revelações de fotografias e filmes fotográficos, com as enormes quantidades de caixas de atendimento nas agências bancárias (hoje se houver 3, uma somente para clientes prioritários, é muito), assinaturas de jornais e revistas impressas, não será diferente com as empresas de televisão. Dentro em breve o que ontem se fazia com 1.000 pessoas trabalhando, hoje se faz com 150, amanhã será feito por 4 ou 2. Mas cresci ouvindo o Chacrinha dizer que na TV nada se cria, tudo se copia "recicla", e acho que isso é uma verdade incontestável. De um modo geral as coias vão se reciclando. Veja ai o mercado de vinil em aquecimento novamente. Que assim seja, pois o mundo ficou muito pequeno na era digital e esse é o preço que se paga pela modernidade. O jeito é estudar com mais atenção os animais, especialmente os camaleões.

Preencha os campos abaixo para comentar no NaTelinha.
restantes


* Os comentários poderão ser moderados.
publicidade